Europa quer usar drones para vigiar imigração

A Comissão Europeia planeja usar aviões não tripulados para vigiar o fluxo de imigrantes ilegais no Mediterrâneo. O programa faz parte de um pacote de segurança proposto a todos os países integrantes da União Europeia e custaria US$ 410 milhões.

O Estado de S.Paulo

30 de julho de 2012 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.