Europa: Sobe para 14 número de mortos em tempestade

Uma forte tempestade atingiu o sul do Reino Unido, a Holanda, a Dinamarca e partes da França e da Alemanha nesta segunda-feira, derrubando árvores, provocando inundações em áreas mais baixas e gerando caos nos sistemas de transportes. Pelo menos 14 pessoas morreram, a maior parte delas em quedas de árvores. Reino Unido e Alemanha foram os países mais afetados.

AE, Agência Estado

28 de outubro de 2013 | 18h13

Meteorologistas disseram que esta foi uma das piores tempestades enfrentadas pelo Reino Unido nos últimos anos. Ventos equivalentes ao de um furacão, com 160 quilômetros por hora, foram registrados na ilha de Wight, sul da Inglaterra, e ventos de quase 130 quilômetros por hora foram registrados em terra firme.

Funcionários da UK Power Networks disseram que 270 mil residências ficaram sem energia elétrica. Avisos de enchentes foram emitidos para muitas partes do sul da Inglaterra e centenas de árvores foram derrubadas pelos ventos fortes, informaram autoridades de emergência.

Autoridades britânicas confirmaram até o momento cinco mortes em diferentes partes do país. Na Alemanha, seis pessoas perderam a vida em incidentes relacionados à tempestade. Em Copenhague, um homem morreu ao ser atingido por um tijolo arremessado pela força da tormenta. Em Amsterdã, uma árvore caiu e matou uma mulher. Houve também uma morte na França. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino UnidotempestadeEuropa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.