Europeus escolhem os paraísos para se viver no continente

Pessoas que vivem nos arredores rurais de Antuérpia, na Bélgica, mostram-se as mais satisfeitas da Europa com a qualidade de vida em sua comunidade. É o que indica a nona pesquisa realizada com 11.000 pessoas em 112 áreas rurais e urbanas de nove países europeus sobre quão felizes são com um leque de fatores que engloba meio ambiente, segurança, lazer, serviços e saúde. Os 10 primeiros lugares dos mais satisfeitos do ranking são dominados por locais da França rural. Irlanda, Alemanha e Inglaterra também têm pontos altos, enquanto as pessoas que vivem na Grécia, Itália e Espanha se dizem as menos satisfeitas.Os noruegueses também registraram níveis de satisfação abaixo da média européia, embora tenham uma das maiores rendas per capita do mundo.A pesquisa telefônica foi realizada pelo NFO Direct Services, instituto de pesquisa de opinião, entre junho e agosto deste ano para o laboratório Pfizer. Cerca de 100 pessoas foram entrevistadas em cada uma das 112 áreas. A idade entre os participantes refletia a demografia de cada localidade.Dublin, ainda segundo a pesquisa, é melhor capital européia para se viver, com 68% da pessoas satisfeitas com sua cidade, seguida de Londres, Paris e Berlin.No total, as localidades da Irlanda tiveram a mais alta proporção de pessoas satisfeitas, com 69%. França e Inglaterra vêm em segundo lugar, com 66% de satisfeitos com seu pedaço de terra. A média na Europa é de 61%.As habitantes de Cork, na Irlanda, são os mais generosos quando avaliam a educação, cortesia e espírito comunitário de seus vizinhos. São também os mais satisfeitos com os serviços sociais e grupos de voluntariado em sal comunidade.Veja outras descobertas da pesquisa: - Nantes foi considerada a melhor cidade da França, seguida de perto por Grenoble.- Munique foi eleita a melhor cidade alemã, mas áreas rurais em torno de Illertissen sobem ao topo do ranking da Alemanha.- Ermoupolis é a melhor cidade da Grécia. Seus moradores estão 27% mais satisfeitos que a média grega.- Irlanda foi considerado o melhor país da Europa e Dublin, a melhor capital.- Bolonha foi escolhida a melhor cidade da Itália. Roma ficou em sétimo, no ranking italiano e Milão, em quarto.- Bergen obteve a mais alta pontuação entre as cidades da Noruega, mas os arredores rurais de Oslo atingiram o topo do ranking.- Bilbao surge como a melhor cidade da Espanha. Madri teve a terceira pontuação mais baixa, batendo apenas Málaga e Sevilha.- Moradores das áreas rurais de Edinburgo são os mais satisfeitos da Inglaterra, seguidos de perto po aqueles que vivem nos campos próximos a Belfast, no norte da Irlanda. Belfast foi a cidade com maior pontuação do Reino Unido, seguida por Glasgow, na Escócia, e Cardiff, no País de Gales.A pesquisa visa a formar a base de uma ?planta? de localidades saudáveis na Europa. Quando completa, a planta será disponibilizada para executores e planejadores políticos e sociais da Europa, segundo a Pfizer.?A localidade onde você vive contribui consideravelmente para sua saúde pessoal ? mentalmente, emocionalmente e fisicamente?, diz a baronesa Sally Greengross, chefe do Centro Internacional da Longevidade de Londres, que não está envolvido com a pesquisa. ?Consequentemente, criar comunidades que facilitem a vida saudável dever ser uma prioridade para todas aqueles que buscam adequar o desafio do envelhecimento da população européia e ligado a temas sociais e de saúde.?

Agencia Estado,

01 de outubro de 2003 | 15h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.