Europeus oferecem ajuda para coibir contrabando em Gaza

A Grã-Bretanha, a França e a Alemanha se ofereceram para ajudar a combater o contrabando de armas na Faixa de Gaza, em uma carta conjunta aos governos de Israel e do Egito publicada hoje em Berlim. Os países afirmam, de acordo com a versão alemã do texto, que estão prontos para uma série de passos para "contribuir para o fim do contrabando de armas para Gaza". Eles continuariam trabalhando com os governos de Egito e Israel para "implementar essas medidas". Em Londres, o primeiro-ministro Gordon Brown pediu hoje recursos navais para ajudar a barrar as armas que são contrabandeadas até a Faixa de Gaza. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.