Evangélicos querem impedir fotos de nu coletivo

Evangélicos de diferentes seitas anunciaram que tentarão impedir que o fotógrafo norte-americano Spencer Tunick, conhecido por registrar multidões sem roupa pelo mundo afora, realize seu trabalho com centenas de chilenos nus, no próximo domingo. Aproximadamente 300 evangélicos, vários deles agitando a Bíblia nas mãos, se juntaram diante do palácio presidencial de La Moneda, a sede do governo, em Santiago, para protestar contra as fotos. A intenção de Tunick é fotografar a multidão desnuda em frente ao Museu de Arte Conteporânea da capital chilena. Mais de mil pessoas estão inscritas para posar. A polícia cercará a área no domingo. Recentemente, Tunick esteve no Brasil, onde fotografou mais de mil de pessoas nuas no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Ele já repetiu a experiência em cidades como Buenos Aires, Montreal e Nova York.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.