"Evento" pode ser momento histórico, diz Sharon

O primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, descreveu a morte do presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat, como importante momento para o Oriente Médio. "O evento recente pode ser um momento histórico decisivo para o Oriente Médio. Israel é um país que busca a paz e manterá seus esforços para chegar a um acordo de paz com os palestinos, sem atrasos", disse Sharon. Embora tenha evitado referir-se a Arafat pelo nome, Sharon expressou esperança de que os palestinos trabalhem para evitar o uso do terrorismo, considerando esta uma pré-condição para o processo de paz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.