Evento sobre Direitos Civis terá Obama e ex-presidentes

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e seus antecessores Jimmy Carter, Bill Clinton e George W. Bush, vão discursar durante um evento que marca o aniversário de 50 anos da Lei dos Direitos Civis, que pôs fim à segregação com base na cor, sexo, religião ou etnia.

AE, Agência Estado

07 de abril de 2014 | 18h29

O encontro será realizado a partir de amanhã, na Biblioteca da Universidade do Texas batizada com o nome do ex-presidente Lyndon Johnson, que esteve à frente dos Estados Unidos entre 1963 e 1969, período que também compreende parte da Guerra do Vietnã.

Para o único neto de Johnson, Lyndon Nugent, enquanto a responsabilidade do ex-líder pelo conflito no país asiático se torna cada vez menos relevante para os americanos, a legislação aprovada por ele continuará garantindo igualdade. "A Lei dos Direitos Civis foi o motivo pelo qual Lyndon Johnson entrou para a política, para ajudar as pessoas", afirmou Nugent.

O encontro não apenas vai abordar o movimento pelos direitos civis, como também irá tratar de questões ainda remanescentes nos Estados Unidos e no Mundo. Os painéis de discussão contarão com a presença de líderes políticos e acadêmicos, que irão debater assuntos como imigração e casamento gay. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.