Evo Morales anuncia mudanças em seu ministério

O presidente da Bolívia, Evo Morales, mudou nesta terça-feira sete dos 16 ministros de seu gabinete no começo de seu segundo ano de mandato, com o objetivo decontinuar o processo de mudanças iniciado em 2006.A renovação do Conselho de Ministros foi realizada quase de surpresa, em um ato celebrado na noite de terça-feira no Palácio do Governo em La Paz.O presidente, em um curto discurso, disse que resolveu realizar as modificações porque tem "a obrigação de fazer uma remodelação para continuar servindo o povo boliviano".Dirigindo-se a cada um dos ex-ministros, agradeceu pelos seus esforços na primeira etapa da administração do Movimento Ao Socialismo (MAS).O chanceler Choquehuanca afirmou que o trabalho da nova equipe presidencial continuará baseado na honestidade, na vocação de serviço, na necessidade de incluir os excluídos e de lutar contra a corrupção."O novo gabinete tem a missão de mudar Bolívia no planoeconômico, social, cultural e estrutural", disse o chefe dadiplomacia boliviana.Morales manteve no cargo o chanceler e os titulares da Defesa, Wálker San Miguel; de Hidrocarbonetos, Carlos Villegas; da Fazenda, Luis Arce; e o da Presidência, Juan Ramón Quintana.Foram também confirmados os titulares de Águas, Abel Mamani; de Produção, Celinda Sosa; de Mineração, Guillermo Dalence; e da Saúde, Nila Heredia.Os novos integrantes são Alfredo Rada, Ministério do Governo (Interior); o economista Gabriel Loza, Planejamento; Susana Rivero, Ministério do Desenvolvimento Rural e Agropecuário; o ex-sindicalista Wálter Delgadillo, Trabalho, Celima Torrico, Justiça; Víctor Cáceres, Educação; e Jerjes Mercado, Obras Públicas e Habitação.As mudanças foram precipitadas pela renúncia antecipada doministro de Obras Públicas, o empresário Salvador Ric, nasexta-feira passada.Em 2006, o então ministro de Hidrocarbonetos, Andrés Rada, e o de Mineração, Wálter Villarroel, já haviam deixado o ministério.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.