Evo Morales não deve participar de debate eleitoral

O presidente boliviano, Evo Morales, não deve participar do único debate entre candidatos à presidência do país, antes das eleições de 12 de outubro.

AE, Estadão Conteúdo

27 de setembro de 2014 | 12h17

Os quatro candidatos da oposição confirmaram presença. Morales não respondeu ao convite, informou Raúl Peñaranda, vice-presidente da Associação de Jornalistas de La Paz, organizadora do encontro.

Morales descartou há tempos debater com seus opositores. "Que vão debater con sua avó", disse ao começar a campanha. "Não vou debater com privatizadores", ressaltou o atual presidente.

O debate não será transmitido pela emissora estatal de televisão, o que rompe "uma tradição democrática" de mais de duas décadas, disse Peñaranda.

Segundo pesquisas, Morales tem 52% a 59% do apoio. Samuel Doria Medina vem em seguida com 15% a 19% das intenções de voto. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
bolíviapresidência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.