Evo Morales registra candidatura à reeleição na Bolívia

O empresário da construção civil e líder da oposição de centro-direita, Samuel Doria Medina, é o principal concorrente

AE, Agência Estado

14 de julho de 2014 | 21h29

O presidente da Bolívia, Evo Morales, foi um dos primeiros a confirmar a sua postulação a uma segunda reeleição presidencial, informou o Tribunal Supremo Eleitoral hoje.

À meia-noite de segunda-feira vence o prazo para que os partidos políticos que anunciaram a sua participação no pleito, marcado para 12 de outubro, apresentarem a sua lista de candidatos.

O porta-voz do Tribunal Eleitoral, Marco Ayala, disse que o partido Movimento para o Socialismo, do qual o presidente faz parte, foi um dos primeiros a apresentar a inscrição de seus candidatos. O órgão irá divulgar na terça-feira um informe mais detalhado.

Morales, de 54 anos e presidente desde 2006, é o favorito à reeleição. O empresário da construção civil e líder da oposição de centro-direita, Samuel Doria Medina, de 56 anos, é o principal concorrente, apesar de não ter conseguido nas três disputas anteriores mais do que 10% dos votos.

Entre os candidatos estão também o ex-presidente conservador Jorge Quiroga e o ex-prefeito e ex-aliado de Morales Juan del Granado, de centro-esquerda.

Nas eleições de 12 de outubro será eleito o presidente e se renovará a totalidade da Assembleia Legislativa, de 130 deputados e 36 senadores. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
BolíviaeleiçõesEvo Morales

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.