Martin Alipaz/EFE
Martin Alipaz/EFE

Evo Morales vai a Cuba para se tratar de problema de garganta

Presidente boliviano estava com voz rouca nas últimas semanas e cancelou compromisso público no começo de fevereiro

O Estado de S.Paulo

02 de março de 2017 | 00h38

LA PAZ - O presidente da Bolívia, Evo Morales, viajou para Cuba nesta quarta-feira, 1º, para um tratamento de emergência de um persistente problema de garganta, segundo informou um comunicado do governo.

O ministro da Presidência, Rubén Martinez, disse a jornalistas que Morales viajou após um encontro do gabinete, mas o porta-voz não deu mais detalhes sobre a condição do presidente boliviano.

A voz do presidente estava rouca nas últimas semanas e Morales afirmava ter sido acometido por um resfriado.

O líder boliviano, que tem 57 anos, cancelou uma agenda em 6 de fevereiro por causa de uma dor de garganta. Ele foi submetido a exames por médicos bolivianos.

Médicos cubanos fizeram em 2009 uma cirurgia nasal no presidente boliviano. O procedimento foi realizado na capital boliviana. / AP

Tudo o que sabemos sobre:
LA PAZBolíviaEvo MoralesCuba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.