Evo parabeniza Correa pela aprovação da Constituição

A aprovação de uma nova Constituição no Equador significa uma vitória contra o imperialismo e o neoliberalismo, afirmou hoje o presidente boliviano, Evo Morales. O presidente equatoriano, Rafael Correa, disse que vários colegas telefonaram para lhe parabenizar pela aprovação do texto, escrito por uma Assembléia Constituinte dominada por partidários do governo."Esse triunfo do governo e do povo equatorianos reforça a luta que vêm realizando os povos da América contra o imperialismo e o neoliberalismo e se constitui em um importante elo na luta pela liberação nacional e o socialismo", afirmou Morales, segundo a estatal Agência Boliviana de Informação (ABI).Correa disse que Morales, o presidente do Paraguai, Fernando Lugo, o venezuelano, Hugo Chávez, e a presidente chilena, Michelle Bachelet telefonaram. Porém, ele não atendeu, pois estava em eventos públicos. O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, felicitou Correa pelo "contundente apoio". A apuração parcial apontava quase 64% de apoio dos eleitores à nova Constituição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.