Reuters
Reuters

Ex-astronautas participam de homenagem a Armstrong

Neil Armstrong, primeiro homem a pisar na Lua, morreu no dia 25 de agosto após complicações cirúrgicas

AE, Agência Estado

31 de agosto de 2012 | 15h09

CINCINNATI - Ex-astronautas, veteranos políticos e empresários, além da família e amigos de Neil Armstrong, se reuniram nesta sexta-feira, 31, em um subúrbio de Cincinnati, Estado de Ohio, para um serviço religioso em homenagem ao primeiro homem a caminhar na Lua, em 20 de julho de 1969. Sua família havia informado, em comunicado, que a morte resultou de complicações ocorridas depois de uma cirurgia cardiovascular em Columbus (Ohio).

Veja também:

link Neil estava entre os maiores heróis dos EUA, diz Obama

link Astronauta Neil Armstrong morre aos 82 anos

Armstrong faleceu aos 82 anos no sábado passado, 25 de agosto. Ele nasceu em Wapakoneta, oeste do Estado de Ohio. Cerca de 10 ex-astronautas compareceram à homenagem, entre eles John Glenn, de 91 anos e primeiro norte-americano a viajar ao espaço, em 1963, e outros colegas de Armstrong no projeto Apollo, como James Lovell, Eugene Cernan e William Anders.

Casa Branca

No dia da morte de Armstrong, a Casa Branca emitiu uma declaração do presidente Barack Obama dizendo que ele e a primeira-dama, Michelle, ficaram "profundamente tristes" ao ouvir sobre a morte do astronauta. "Neil estava entre os maiores heróis norte-americanos, não apenas do seu tempo, mas de todos os tempos", afirmou o presidente, dizendo que quando a tripulação da Apollo 11 decolou para a Lua, em 1969, levava também "as aspirações de toda uma nação".

Com AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.