Ex-bancária lança site sobre discriminação sexual

Amy Segal, ex-funcionária daJ.P. Morgan Chase & Co., lançou nesta quarta feira um site com conteúdo voltado para discriminação sexual nos locais detrabalho. Há um mês, ela processou o banco onde trabalhava sob a alegação de que fora demitida por discriminação. O site (www.womennonwall.com) contém informações sobre as decisões tomadas pelas comissões de processo dasempresas e as decisões da Justiça relacionadas com a discriminação.A página está ligada à Comissão de IguaisOportunidades de Trabalho, instituição norte-americana especializada em treinar executivos e gerentes na criação de locais detrabalho justos. No primeiro dia no ar, o site não foi procurado por nenhuma empresa de controle e segurança de conteúdo. A criadora do sitediz que seu objetivo é oferecer informações e pesquisas para mulheres que se sentem discriminadas."Eu espero que o sitetambém encoraje mais pessoas a apresentarem suas queixas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.