Ex-CEO de banco grego suspeito de fraude é preso

O ex-presidente do banco grego TT Hellenic Postbank, Angelos Filippidis, envolvido em um escândalo de empréstimos sem garantias, foi preso na Turquia, informou a polícia grega neste sábado. Após a expedição de um mandado de prisão internacional na sexta-feira, dia 10, uma operação conjunta entre autoridades turcas e gregas prendeu Filippidis.

Agência Estado

11 de janeiro de 2014 | 12h01

Outras quatro pessoas, entre elas um influente empresário, também foram detidas na Grécia em uma operação anticorrupção. Todos são suspeitos de participação em uma fraude que envolvia empréstimos sem garantia que levou a um déficit de vários milhões de euros no banco. Segundo a agência de notícias estatal de Atenas, os prejuízos podem ultrapassar os 400 milhões de euros.

Filippidis nega qualquer irregularidade. "Todos os empréstimos foram emitidos com decisões unânimes pela diretoria e todos os procedimentos foram respeitados", afirmou na quinta-feira. O advogado do ex-presidente disse que o acusado pretendia retornar à Grécia na próxima segunda-feira para enfrentar os questionamentos. Fonte: Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
GréciabancoprisãoTurquia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.