Ex-chanceler anuncia que deixará Parlamento

A ex-chanceler de Israel Tzipi Livni anunciou ontem que deixará o Parlamento. A decisão ocorreu poucas semanas depois de ela perder o cargo de líder do Kadima, principal partido de oposição. Livni acusou os líderes israelenses de negligenciarem os esforços de paz com os palestinos e afirmou que a política local é "cínica". Ela disse ainda que seguirá na vida pública e pode se candidatar na próxima eleição.

O Estado de S.Paulo

02 Maio 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.