Ex-chanceler da Alemanha Helmut Schmidt morre aos 96 anos

O ex-chanceler alemão Helmut Schmidt, que guiou a Alemanha Ocidental em meio a turbulências econômicas e à tensão da Guerra Fria, no anos 1970 e no início da década de 1980, morreu aos 96 anos. O médico do político, Heiner Greten, disse à agência de notícias alemã dpa que ele morreu na tarde desta terça-feira em Hamburgo.

Estadão Conteúdo

10 de novembro de 2015 | 12h57

O período de Schmidt no poder coincidiu com uma época turbulenta na Guerra Fria, incluindo a invasão da União Soviética no Afeganistão em 1979. O chanceler também mostrou firmeza na luta contra uma onda de terrorismo na própria Alemanha Ocidental.

O social-democrata de centro-esquerda liderou a Alemanha Ocidental entre 1974 e 1982, quando ele perdeu o poder para o conservador Helmut Kohl.

Schmidt tornou-se posteriormente um ícone político do país e participava dos debates políticos alemães, nos anos 1990. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Alemanhaex-chancelermorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.