Ex-chanceler lidera disputa para premiê

O secretário-geral do governista Partido Liberal-Democrático do Japão, Taro Aso, é o favorito para suceder ao premiê Yasuo Fukuda, que renunciou na segunda-feira. Chanceler do governo de Junichiro Koizumi, Aso disse ontem que estava pronto para tornar-se premiê e afirmou que "tem as credenciais para assumir o cargo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.