Ex-chefe da CIA diz que papa pode sofrer novo atentado

O papa poderia ser alvo de um novo atentado da rede terrorista de Osama bin Laden, afirmou o ex-chefe da CIA Vincent Cannistraro, em entrevista publicada neste domingo pelo diário italiano La Reppublica. Cannistraro acredita que a data mais provável para um novo ataque seja entre 22 e 25 de dezembro. A segurança do papa minimizou a importância das declarações. Neste domingo, João Paulo II convidou representantes de diversas religiões, mas particularmente cristãos e muçulmanos, a orar pela paz em 24 de janeiro, na cidade italiana de Assis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.