Ex-chefe de cartel de drogas volta a ser preso na Colômbia

O ex-chefe de um dos mais poderosos cartéis de drogas da Colômbia foi preso nesta quarta-feira sob novas acusações de tráfico, apenas quatro meses depois de ter sido solto da prisão, informam autoridades. Gilberto Rodriguez Orejuela, que com o irmão Miguel chefiava o cartel de Cáli nos anos 90, foi preso na cidade de Cáli, de acordo com um porta-voz do procurador-geral.A prisão acontece apenas quatro meses depois de Rodriguez ter sido solto, após cumprir metade de uma pena de 15 anos por tráfico de drogas. A libertação do traficante, em novembro causou grande constrangimento ao governo colombiano, que juntamente com agentes dos EUA tentou encontrar novos crimes dos quais acusá-lo, a fim de mantê-lo preso.Em novembro, um juiz decidiu que Rodriguez tinha direito à liberdade, por ter participado de um programa educacional na prisão. Seu irmão, Miguel, continua preso.A partir da morte do mega-traficante Pablo Escobar, em 1993, os irmãos Rodriguez passaram a ser responsáveis por 80% do comércio mundial de cocaína.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.