Ex-chefe de sucursal da CIA em Milão é preso no Panamá

O ex-chefe da sucursal da CIA em Milão, Robert Seldon Lady, está preso no Panamá, anunciou nesta quinta-feira o Ministério da Justiça da Itália. Lady foi condenado à revelia na Itália a oito anos de prisão pelo sequestro do clérigo islâmico Hassan Mustafa Osama Nasr, dez anos atrás.

AE, Agência Estado

18 de julho de 2013 | 14h50

Nasr foi sequestrado por agentes da CIA em fevereiro de 2003 como parte do programa de "rendição extraordinária", por meio do qual a espionagem norte-americana capturava suspeitos de "terrorismo" e os transferia clandestinamente a bases em países onde não havia proibição jurídica à tortura.

O Ministério da Justiça da Itália não dispunha de mais detalhes sobre as circunstâncias e o local onde Lady está detido. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.