Kin Cheung/AP Photo
Kin Cheung/AP Photo

Ex-chefe executivo de Hong Kong é condenado a 20 meses de prisão

Político alugou apartamento de empresário cuja companhia tinha interesse em uma licença de rádio digital

O Estado de S.Paulo

22 Fevereiro 2017 | 04h44

HONG KONG - O ex-chefe executivo de Hong Kong Donald Tsang, de 72 anos, foi sentenciado a 20 meses de prisão por má conduta em cargo público.

O político foi acusado de ter alugado um luxuoso apartamento para sua aposentadoria de um empresário cuja companhia tinha interesse em uma licença de rádio digital.

O juiz Andrew Chan disse que iria sentenciar Tsang a 30 meses de prisão, mas tirou 10 meses por causa de seu "bom caráter" e contribuição para Hong Kong.

Tsang foi chefe executivo de Hong Kong entre 2005 e 2012. Ele se torna o mais alto funcionário do território, que se orgulha da reputação de governança limpa, condenado por corrupção.

A esposa de Tsang, Selina Tsang, disse a repórteres que ela e outros membros da família estão "desapontados e com o coração partido" com a sentença e que planejam apelar da decisão. / AP

Mais conteúdo sobre:
HONG KONG

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.