Ex-chefes do Cartel de Cali podem ser libertados

O procurador geral Edgardo Maya afirmou hoje que um juiz determinou a libertação dos chefes do cartel de drogas de Cali, os irmãos Miguel e Gilberto Rodríguez Orejuela, presos desde 1995. A medida surpreendeu ogoverno e o procurador não indicou quando os dois irmãos seriam libertados. O juiz Pedro José Suárez alega que, segundo a lei, osdois cumpriram três quintos da pena e tiveram bom comportamento na prisão. Mesmo se deixarem a prisão, os irmãos Orejuela não poderão deixar a Colômbia. O Cartel de Cali foi considerado pelos EUA a maior organização de narcotráfico do mundo. No momento, está havendo uma forte pressão de Washington contra os narcotraficantes e o ex-presidente Ernesto Samper está sendo julgado por acusações de ter recebido milhões de dólares do Cartel de Cali para a campanha que o conduziu à Presidência. O presidente Alvaro Uribe se declarou surpreendido com a notícia e assegurou que fará consultas a respeito do caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.