Ex-colaborador do ''''NYT'''' é solto depois de 3 anos

O jornalista chinês Zhao Yan (foto), preso em 2004 sob acusações de fraude e de divulgar segredos de Estado, foi solto na manhã local de hoje em Pequim. Zhao, ex-colaborador do "New York Times", saiu da prisão sem fazer declarações, após cumprir a pena a que foi condenado por fraude (acusação que ele sempre negou). A Justiça rejeitou a outra acusação. Segundo os Repórteres Sem Fronteiras, a China mantém 35 jornalistas e 51 "ciberdissidentes" na prisão "por exercerem o direito de informar".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.