Ex-comandante britânico faz acusações a Blair e Brown

O ex-comandante do exército britânico acusou os ex-primeiros-ministros Tony Blair e Gordon Brown de forçar o exército a lutar no Iraque e no Afeganistão sem os recursos necessários. O general Richard Dannatt disse que a Blair "faltava a coragem moral para impor a própria vontade" a Brown, que foi o ministro das Finanças de Blair e o sucedeu como primeiro-ministro. Ele acusa Brown de "recusar a financiar o que seu próprio governo decidiu". As críticas são trechos da memória de Dannatt publicados no jornal Sunday Telegraph.

AE-AP, Agência Estado

05 de setembro de 2010 | 10h35

Dannatt disse que estava tentando fazer o governo entender as pressões de um exército que estava "empurrando uma rocha em uma montanha íngreme". Ele foi comandante do exército de 2006 a 2009, depois foi conselheiro do Partido Conservador, que agora lidera o governo. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.