Ex-coronel leva ampla vantagem em pesquisa no Equador

O ex-coronel Lucio Gutiérrez, finalista do segundo turno das eleições presidenciais no Equador, marcado para 24 de novembro, tem 30 pontos porcentuais de vantagem sobre seu rival, o magnata Alvaro Noboa, informa a empresa de pesquisa Cedatos. Apesar de não ter divulgado todas as cifras, o que a lei eleitoral equatoriana proíbe, Polibio Córdoba, diretor da empresa de sondagens, informou que entre os dois candidatos finalistas existe uma diferença de 30 pontos. Também explicou que Gutiérrez está na dianteira em aproximadamente 18 províncias equatorianas, enquanto que Noboa só tem expectativa de vitória em duas delas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.