Ex de Berlusconi pede pensão de 3,5 milhões

ITÁLIA

, O Estado de S.Paulo

21 de outubro de 2010 | 00h00

A ex-mulher do primeiro-ministro Silvio Berlusconi, Veronica Lario (foto), pediu ontem uma pensão mensal de 3,5 milhões durante a negociação de divórcio. O acordo acertado em maio, de 300 mil mensais e o pagamento das despesas da casa de campo de Macherio, perto de Milão - previstas pelo primeiro-ministro em 1,8 milhão mensal -, fracassou porque a proposta foi considerada "inadequada" por Veronica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.