Ex-diplomata iraniano preso por atentado na Argentina

Um ex-embaixador do Irã na Argentina, procurado pelo atentado contra um centro comunitário judaico em Buenos Aires, em 1994, foi preso na Inglaterra. O atentado causou a morte de 85 pessoas.A polícia inglesa, executando um mandado de extradição, prendeu Hade Soleimanpour em sua casa em Durham. Soleimanpour deve comparecer perante um juiz nesta sexta-feira. O mandado alega que o ex-diplomata conspirou para matar pessoas no centro. O governo do Irã nega responsabilidade pelo ataque.O juiz argentino Juan Jose Galeano pediu a prisão. Soleimanpour reside no Reino Unido desde 2002, com um visto de estudante. Ele freqüenta a Universidade de Durham.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.