Ex-diretor de TV sérvio condenado à prisão

O ex-diretor do canal televisivo sérvio RTS Dragoljub Milanovic foi condenado a 10 anos de prisão por seu papel na morte, em 23 de abril de 1999, de 16 pessoas, durante o bombardeio do edifício da estação por parte da Otan. Milanovic foi considerado culpado por não ter ordenado a retirada dos funcionários do edifício, apesar de ter sido informado previamente de um iminente ataque.Slobodan Sisic, advogado dos familiares das 16 vítimas fatais e dos 18 feridos no bombardeio de 23 de abril de 1999, disse à Ansa que está "parcialmente satisfeito" com a sentença. "Considerando que esta é uma democracia em formação, posso me declarar contente, mas apenas parte da verdade surgiu neste processo", afirmou.Milanovic, chefe de propaganda do ex-presidente iugoslavo Slobodan Milosevic, correu o risco de ser linchado durante a revolta popular de Belgrado que derrubou o antigo regime em 5 de outro de 2000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.