Ex-embaixador britânico prevê guerra civil no Iraque

Uma guerra civil é o futuro mais provávelno Iraque, alertou o ex-embaixador britânico no país, William Patey, num documento confidencial entregue ao governo revelado nesta quinta-feira pela BBC. Patey, que deixou a capital iraquiana na semana passada, também antecipou uma divisão do Iraque entre os grupos étnicos. Ele opinouque a situação no país vai continuar difícil durante os próximos cinco a dez anos. A análise do futuro do Iraque está no telegrama diplomático final enviado por Patey a vários membros do governo, entre eles o primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair, e a ministra deRelações Exteriores, Margaret Beckett. "A perspectiva de uma guerra civil de baixa intensidade e uma divisão de fato do Iraque é mais provável neste momento que uma transição bem-sucedida para uma democracia estável", ressaltou oEx-embaixador. Ele questiona a possibilidade de um governo iraquiano se defender por seus próprios meios. Em sua carta, o diplomata insiste que os próximos seis meses serão cruciais. O Foreign Office não quis comentar o documento, mas avaliou que a capacidade das forças iraquianas de cuidar de sua própria segurançaaumenta a cada dia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.