Ex-embaixador de Assad defende intervenção armada

O ex-embaixador da Síria no Iraque Nawaf al-Fares, que na semana passada aderiu à oposição ao regime de Bashar Assad, disse ontem à rede de TV americana CNN que apoia uma intervenção militar para pôr fim ao conflito no país. Antigo homem de confiança de Assad em Bagdá, o diplomata alertou que o regime só acabará por meio da força. "O que ocorreu nos últimos 18 meses - os massacres, a questão dos refugiados e a declaração de guerra de Assad ao povo - impede qualquer reforma ou mudança real", declarou Al-Fares. "Tentei, nos últimos meses, convencer o regime a mudar de posição, mas não tive sucesso. Então, decidi aderir à causa do povo." / AFP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.