Ex-general boliviano é condenado a 14 anos nos EUA

O general da reserva da polícia boliviana, René Sanabria, um ex-chefe da inteligência encarregado de combater o narcotráfico no país sul-americano, foi condenado nesta sexta-feira a 14 anos de prisão por ter integrado uma associação criminosa que importava cocaína para os Estados Unidos. Junto a Sanabria foi condenado um dos seus sócios, Marcelo Foronda Acero, a nove anos de prisão.

AE, Agência Estado

23 Setembro 2011 | 21h05

As sentenças foram anunciadas pela juíza Ursula Ungaro, em um tribunal federal norte-americano no sul da Flórida. Sanabria, de 54 anos, também deverá cumprir uma sentença adicional de cinco anos de liberdade condicional e Foronda de três anos nesse regime. O ex-general boliviano se declarou culpado no final de junho, como parte de um acordo com a Justiça dos EUA para evitar a condenação máxima.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.