Ex-governador deixa campanha republicana

O candidato republicano à Casa Branca, Mitt Romney, amargou mais um revés ontem ao ser informado da saída do ex-governador de Minnesota Tim Pawlenty do comando de sua campanha. A notícia da desistência de Pawlenty, que aceitou ir trabalhar em uma empresa de lobby em Washington, ocorre dias depois do vazamento de um vídeo no qual Romney, em um jantar de arrecadação de fundos na Flórida em maio, disse não se importar com 47% do americanos que "vivem pendurados no Estado e não pagam impostos".

O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2012 | 03h02

A decisão do ex-governador, segundo alguns analistas, pode indicar o início de uma debandada de republicanos descontentes com o rumo da campanha. Alguns candidatos ao Senado pelo partido também se distanciaram de Romney nos últimos dias, embora diversos senadores o tenham defendido e atacado Barack Obama em discursos ontem. / GUSTAVO CHACRA, DE NOVA YORK

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.