Ex-guarda nazista morre aos 91 anos

O ex-guarda nazista John Demjanjuk, que no ano passado foi condenado a cinco anos de prisão por ter servido em um campo de concentração durante a 2ª Guerra Mundial, morreu neste sábado aos 91 anos, informou a polícia alemã.

AE, Agência Estado

17 de março de 2012 | 09h32

Demjanjuk, nascido na Ucrânia, foi considerado culpado de envolvimento no assassinato de mais de 27 mil judeus no campo de concentração de Sobibor, na Polônia.

Desde o fim de seu julgamento, em maio de 2011, Demjanjuk se encontrava em um asilo de idosos no sul da Alemanha. Metalúrgico aposentado de Ohio (EUA), Demjanjuk foi deportado para a Alemanha em 2009 depois de perder sua cidadania americana. As informações são da Associated Press e Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Alemanhanazismopolicialmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.