Ex-guarda nazista pega 5 anos de prisão

A Justiça alemã condenou ontem o ex-guarda nazista John Demjanjuk, de 91 anos, a 5 anos de prisão por participar do assassinato de mais de 28 mil judeus em um campo de concentração de Sobibor, na Polônia, durante a 2.ª Guerra. O ucraniano nega que tivesse servido como guarda, dizendo que também foi uma vítima da guerra, mas como prisioneiro soviético.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.