Ex-guerrilheiro é eleito novo premier do Kosovo

O Parlamento de Kosovo elegeu nesta sexta-feira Agim Ceku, líder militar da antiga guerrilha albano-kosovar, como novo primeiro-ministro, após a renúncia de seu antecessor no cargo, Bajram Kosumi. Os deputados aprovaram a composição do novo gabinete, que pouco difere do anterior, mas no qual estão pela primeira vez as pastas do Interior e de Justiça, criadas conforme a autorização da missão administradora interina da ONU (UNMIK) de ceder suas competências nesses setores ao governo de Kosovo. Ceku, de 46 anos, até então comandante do Corpo de Proteção do Kosovo (TMK), uma unidade da Defesa Civil integrada pelos ex-guerrilheiros, foi indicado ao cargo de primeiro-ministro pela Aliança para o Futuro do Kosovo (AAK), da coalizão governante. A mudança à frente do governo acontece semanas depois do início, em 20 de fevereiro, das negociações entre Pristina e Belgrado, com a mediação da ONU, para determinar o futuro estatuto do Kosovo, província sérvia povoada por uma maioria independentista albanesa.

Agencia Estado,

10 Março 2006 | 14h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.