Ex-jogador Cantona busca apoio para disputar presidência da França

Jornal diz que Cantona usa fama política para obter apoio para ajudar os pobres

AE, Agência Estado

10 de janeiro de 2012 | 10h26

PARIS - O ex-jogador de futebol Eric Cantona deseja concorrer à presidência da França, segundo uma reportagem desta terça-feira, 10. O ex-atleta do Manchester United, conhecido na Inglaterra como "King Eric" (Rei Eric), escreveu a prefeitos franceses em busca das 500 assinaturas de autoridades eleitas necessárias para disputar a presidência, informou o jornal Liberation em sua capa.

 

Veja vídeo de golpe de Cantona no campo de futebol:

Em editorial, o mesmo jornal diz que Cantona usa sua fama no campo político com a finalidade de obter apoio para ajudar os pobres, sabendo que dificilmente chegará à presidência. Na carta, o ex-jogador de 45 anos se descreve como "um cidadão muito atento a nossos tempos", que segundo ele oferecem "chances muito limitadas" para os jovens e geram injustiças "violentas" e "sistemáticas".

Cantona decidiu escolher a questão da moradia como principal aspecto de sua campanha. Em entrevista ao Liberation, Cantona disse que esse tema é essencial e diz respeito a dezenas de milhões de pessoas. O primeiro turno da eleição presidencial deve ocorrer em abril.

Como jogador, Cantona era conhecido por seu gênio e pela falta de disciplina, bem como por seus comentários que destoavam da fala comum dos atletas, ainda que várias vezes fossem incompreensíveis. Considerado um jogador diferenciado, Cantona se aposentou do futebol profissional em 1997. Desde então trabalhou como ator, notadamente no filme do diretor Ken Loach "À procura de Eric".

 

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
FrançaeleiçõesEric Cantona

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.