Ex-jogador de basquete apoia cardeal de Gana para papa

O ex-jogador de basquete Dennis Rodman, que provocou polêmica ao visitar a Coreia do Norte, continua sua estranha viagem global, desta vez visitando Roma, supostamente para ajudar o cardeal Peter Turkson, de Gana, a se eleger papa.

Agência Estado

13 de março de 2013 | 11h04

Mas Rodman não parecia muito certo sobre quem ele deveria promover quando foi questionado sobre o assunto nesta quarta-feira. "Da África, certo?", perguntou ele.

O ex-jogador disse ter certeza de que o próximo papa será negro e que ele gostaria de encontrá-lo na África, em sua missão, de estilo único, para promover a paz mundial, patrocinada por uma empresa de apostas irlandesa.

O plano de Rodman de entrar na praça São Pedro num veículo igual ao "papamóvel", nesta quarta-feira, corria o risco de não se concretizar, pois a chegada do carro foi atrasada pela neve no norte da Itália. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
VaticanoconclaveRodman

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.