Ex-jogador é impedido de entrar em Karachi

Imran Khan, ex-capitão do time de críquete do Paquistão, foi impedido pelo governo de desembarcar na cidade de Karachi. Khan, hoje líder da oposição, foi mandado num avião de volta à capital, Islamabad. O ex-jogador acusou o presidente Pervez Musharraf de praticar "terrorismo de Estado" por não permitir sua entrada na cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.