Ex-líder de grupo anti-islã da Alemanha cria novo grupo

Uma antiga líder do grupo Europeus Patrióticos contra a Islamização do Ocidente (Pegida, na sigla em inglês) comunicou hoje que irá criar uma nova organização que pedirá por mais referendos na política.

Estadão Conteúdo

02 de fevereiro de 2015 | 18h25

Kathrin Oertel afirmou que ela e outras pessoas que faziam parte do Pegida devem criar um novo grupo, chamado "Democracia Direta para a Europa", que deve defender valores conservadores no país. Segundo Oertel, o novo grupo deve se posicionar politicamente à direita da União Democrática Cristã, partido da chanceler Angela Merkel.

O Pegida vive uma crise de liderança depois que um de seus rostos mais conhecidos, Lutz Bachmann, apareceu em uma foto imitando Hitler, que foi usada por um jornal ao lado de comentários seus criticando refugiados. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaPegida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.