Ex-líder do ETA morre em hospital francês

Um ex-líder do grupo separatista ETA (Pátria Basca e Liberdade) morreu hoje em um hospital francês onde havia sido internado enquanto cumpria sentença, informaram autoridades espanholas.

Agência Estado

30 de março de 2013 | 19h25

Francisco Xabier López Peña, mais conhecido como Thierry, tinha 54 anos e foi internado no dia 11 com problemas cardíacos.

Ele morreu hoje depois de sofrer um derrame, segundo uma fonte no Ministério de Interior da Espanha. Sem entrar em detalhes, o Ministério da Justiça da França confirmou o óbito.

López foi preso em Bordeaux, no sul da França, em 2008. Os documentos com ele apreendidos levaram à prisão de dezenas de membros ativos do ETA.

A luta armada do ETA pela criação de um País Basco independente começou na década de 1960 e, ao longo das décadas, resultou na morte de mais de 825 pessoas.

Depois de uma onda de prisões, o grupo anunciou um cessar-fogo permanente em janeiro de 2011. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EspanhaETA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.