Ex-líder foragido Radovan Karadzic é preso na Sérvia

O ex-líder sérvo-bósnio RadovanKaradzic, um dos homens mais procurados do mundo, foi preso naSérvia, informou o gabinete do presidente Boris Tadic em umcomunicado na segunda-feira. "Karadzic foi localizado e preso", informou o comunicado.Ele foi detido e levado diante de juízes do tribunal de crimesde guerra. Karadzic foi condenado duas vezes por genocídio pelotribunal de crimes de guerra das Nações Unidas em Haia. Aprimeira, em julho de 1995, por causa do sítio de 43 meses aSarajevo, que causou 12 mil mortes. A segunda condenação ocorreu quatro meses depois, porplanejar o massacre de 8.000 muçulmanos em Srebrenica, na pioratrocidade registrada na Europa desde a Segunda Guerra Mundial. Ele entrou na clandestinidade em 1997.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.