Ex-membro do Khmer Vermelho é indiciado

O ex-chefe de uma prisão do Khmer Vermelho foi acusado ontem de crimes contra a humanidade por um tribunal no Camboja apoiado pela ONU. Kang Kek Ieu, conhecido como Duch (foto), era responsável pelo centro onde inimigos do regime foram torturados. Cerca de 1,7 milhão de pessoas foram mortas nos quatro anos de regime do Khmer, 1975-79.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.