Ex-ministro deixa a cúpula dos trabalhistas

GRÃ-BRETANHA

, O Estado de S.Paulo

30 de setembro de 2010 | 00h00

O ex-ministro das Relações Exteriores da Grã-Bretanha David Miliband anunciou ontem que vai deixar a cúpula do Partido Trabalhista. A saída foi comunicada quatro dias depois de ele perder a liderança do partido para seu irmão mais novo, Ed. O ex-chanceler afirmou que manterá sua cadeira como deputado no Parlamento e confirmou o apoio ao irmão. "Quero ter certeza de que apoio (Ed) da melhor maneira possível para o partido e o país", disse à BBC. David era o favorito para suceder ao ex-premiê Gordon Brown, que deixou o governo após a derrota eleitoral nas eleições legislativas de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.