Ex-ministro do Interior do Quirguistão está vivo

Ex-ministro do Interior do Quirguistão está vivo

Estado de saúde de Kongantiyev não é preocupante; vice primeiro-ministro também está hospitalizado

13 de abril de 2010 | 08h18

BISHKEK - O ministro do Interior do governo deposto do Quirguistão, Moldomussa Kongantiyev, está vivo, porém ferido, indicou nesta terça-feira, 13, o governo provisório do país, depois que diversas fontes o deram como morto durante a sangrenta revolta da semana passada.

 

Segundo a agência de notícias AFP, o chefe da Justiça no âmbito das autoridades provisórias, Azimbek Beknazarov, anunciou que Kongantiyev está "atualmente hospitalizado em Bishkek" e que seu "estado de saúde não permite interrogatórios".

 

Há uma semana, Kongantiyev e o vice primeiro-ministro Akylbek Japarov, foram atacados por manifestantes na cidade de Talas (noroeste do país), onde tentavam negociar com os partidários da oposição que haviam invadido a sede da administração local.

 

Informações contraditórias circulavam desde então sobre o destino do ministro do Interior, algumas fontes o davam como morto, outras diziam que estava gravemente ferido.

 

"O estado de saúde de Akylbek Japarov e de Moldomussa Kongantiyev não provoca preocupações. Se sentem bem", declarou Beznazarov, acrescentando que o vice primeiro-ministro do governo deposto colabora com as novas autoridades.

 

O regime do presidente Kurmanbek Bakiyev foi deposto na semana passada após o final de conflitos sangrentos entre opositores e forças do governo, que deixaram 83 mortos e mais de 1.600 feridos, segundo o último balanço

Tudo o que sabemos sobre:
Quirguistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.