Ex-ministro iraquiano é condenado à prisão por corrupção

O Tribunal Penal iraquiano condenou nesta quarta-feira o ex-ministro da Eletricidade Ayham Al-Samurai a dois anos de prisão por malversação dos fundos do Estado.Samurai foi ministro da Eletricidade durante o governo provisório do ex-primeiro-ministro iraquiano Iyad Allawi, o primeiro Governo da era pós-Saddam Hussein.Segundo relatórios do departamento de Inspeção Geral iraquiano, cerca de US$ 4 bilhões desapareceram dos fundos do Estado sob pretexto de terem sido usados em projetos de reconstrução do país.Entre os objetivos do governo atual de Nouri al-Maliki está a luta contra a corrupção e a aplicação de políticas para revisar os orçamentos do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.