Ex-ministro lidera intenções de voto na Colômbia

O ex-ministro da Defesa da Colômbia, Juan Manuel Santos, deve conquistar a maioria dos votos na próxima eleição presidencial do país, marcada para maio, segundo uma pesquisa feita pela Invamer/Gallup e divulgada ontem.

AE, Agencia Estado

25 de março de 2010 | 19h23

Cerca de 34,2% das 1.200 pessoas entrevistadas que disseram que participariam das eleições, afirmaram que escolheriam Santos, que diz ser o herdeiro do presidente Alvaro Uribe.

Em segundo lugar ficou a candidata conservadora Noemi Sanin, com 23.3%. Ela tem prometido que vai manter com as políticas comerciais e de combate à guerrilha de Uribe.

Na Colômbia, um candidato deve conquistar 50% dos votos ou um segundo turno é realizado. Numa segunda rodada de votação, Santos ganharia por pouco de Sanin, com 44,7% dos votos ante 43% da conservadora. A margem de erro da pesquisa é de três pontos porcentuais para mais ou para menos.

O ex-prefeito de Bogotá Antanas Mockus ficou em terceiro, com 10,4% das intenções de voto, seguido pelo esquerdista Gustavo Petro, com 6.3%. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.