Ex-mulher de Berlusconi terá pensão de 300 mil euros

O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, disse que o acordo de divórcio com sua ex-esposa, a atriz Veronica Lario, foi "justo". O acordo estabelece que o magnata e premiê italiano pagará uma pensão mensal de 300 mil euros a Lario, revela um livro do jornalista Bruno Vespa, que será publicado em breve. Além dos 300 mil euros por mês, Veronica Lario ficará com uma das mansões da família, perto de Milão.

AE, Agência Estado

24 Maio 2010 | 20h04

"Veronica é uma mulher que sabe como economizar dinheiro", diz Berlusconi no livro. Veronica Lario pediu o divórcio do premiê em novembro de 2009, informaram os jornais italianos, culpando Berlusconi pelo fracasso do casamento. O casal tem três filhos.

Berlusconi, que está em 70º lugar na lista feita pela Forbes das pessoas mais ricas do mundo, tem uma fortuna estimada em 6,5 bilhões de euros. A empresa holding da família de Berlusconi, a Fininvest SpA, controla a Mediaset SpA e a editora Arnoldo Mondadori SpA. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.