Ex-mulher de Giuliani quer pensão de US$ 1,100 para labrador

Donna Hanover pediu o divórcio do ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani, acusando-o de "aberto e bem conhecido adultério". A ex-primeira-dama da cidade acusou Giuliani - escolhido "homem do ano" pela revista Times por sua conduta durante a tragédia de 11 de setembro - de tê-la submetido a "tratamento cruel e desumano" ao abandoná-la por sua atual companheira, Judith Nathan.As acusações de Hanover foram divulgadas quando um juiz negou à ex-mulher do ex-prefeito um pedido de US$ 1,100 mensais para o sustento do cão da família, um labrador, mais uma pensão alimentícia de US$ 80,000 mensais.Giuliani e Donna Hanover se separaram há 18 meses. A juíza da Suprema Corte de Manhattan Judith Gische definiu o pedido de pensão alimentícia da ex-primeira-dama como "exagerado e irreal".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.