Ex-oficial do Irã é pego com um cheque de US$ 70 milhões

O ex-chefe do Banco Central do Irã, Tahmasb Mazaheri, foi pego com um cheque com o valor equivalente a 54 milhões de euros (US$ 70 milhões) por autoridades alemãs, afirmou o jornal semanal Bild am Sonntag.

Agência Estado

04 de fevereiro de 2013 | 01h21

Mazaheri, que foi responsável pelo Banco Central até 2008, foi revistado por agentes de alfândega no aeroporto de Düsseldorf no dia 21 de janeiro depois de chegar no país de um voo que vinha da Turquia, disse o jornal neste domingo.

O cheque, no valor de 300 milhões de bolívares venezuelanos, foi descoberto em sua bagagem de mão, de acordo com a reportagem. O departamento de alfândega alemão está investigando se o cheque faz parte de uma operação de lavagem de dinheiro.

Após a reportagem ser publicada, Mazaheri disse que o cheque foi concebido para financiar a construção de 10 mil casas para o governo venezuelano. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IRÃCHEQUE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.